domingo, outubro 15, 2006

Assoreamento do Rio Mondego

Cerca de 100 pessoas construíram ontem um cordão humano no meio do leito do rio Mondego, na zona da cidade de Coimbra. Este cordão humano chamou a atenção para o assoreamento do rio.
Eu vi as imagens, no Diário de Coimbra, e no centro do leito do rio a água não dava sequer pela cintura dos participantes. Confesso que desconhecia em absoluto esta situação.
Naturalmente que esta situação gera problemas ambientais, mas torna igualmente impraticável a navegação no rio, ou a prática de desportos náuticos, podendo ter consequências dramáticas em caso de cheias.
Não admira que ultimamente sempre que chove em Coimbra a água provoque sempre inuncações e estragos.
Parabéns pela iniciativa, espero que «alguém» se preocupe
dass

4 comentários:

pedroepedrofilho disse...

Essa situação não me afecta. Mas dou daki tambem o meu apoio. Força!
Temos que ser uns para os outros
Bjs. Pedro

jls disse...

E vá lá que a água dava pela cintura. Há uns anos atrás atravessava-se o rio a pé sem água que se visse! Ele é açudes, ele é barragens, ele é pontes e diques e neste país o ambiente é que sofre. O costume!

De resto, não conhecia o teu blog e gostei. Simples e bastante directo. Vai para a minha lista.

Acácio Simões disse...

antigamente dormia-se a sesta na areia...e o povoléu adorava!

Jorge Ortolá disse...

E não há quem nada faça para resolver essa situação ??

beijos

eXTReMe Tracker