segunda-feira, julho 30, 2007

Dias simples

Sábado de manhã começa com boas notícias... a amiga A estatelou-se, de bate cú, numa pastelaria... eu estava em cima do acontecimento, mas infelizmente ao telemovel... não vi nada! É sempre assim... passa-se qualquer coisa e eu não estou lá! Estou a brincar, sabes bem que eu não queria que caísses... mas já que tinha de ser, eu podia ter visto!
Entretanto telefonema para aqui, telefonema para ali... (não estou, de modo algum a insinuar que ela seja viciada em telemovel) e eis que fica com o apartamento arrendado na primeira semana de Agosto. Aliás... eu disse arrendado? Senhores das finanças... eu queria dizer «comodatado»... mas às vezes o meu léxico jurídico é parco...
Antes de irmos à praia era suposto conhecermos os presumíveis futuros arr... comodatários. Eu vi! Eu vi um rapaz de mala ao ombro, de camisola amarela a dirigir-se ao café onde estavamos e anunciei logo: é um deles, de certeza! A minha amiga achou logo que seria muito mau para ser verdade... iria aquilo dormir na sua casa? Eu avisei... ela tinha vindo comigo, estava à espera de que sorte?
Bem... o de amarelo não era porque passou e não parou! Menos mal! Menino... tu estás lá... estás naquela fronteira entre o metrossexual... e o «se não o é só o deve à sua consciência»...
Ora, eis que vou ao quarto de banho. Sim... de calça larga, top por cima do biquini, sem maquillagem, de havaianas que já viram melhores dias... não há nada como o sentido de oportunidade, a melhor roupa para a melhor ocasião.
No meu regresso... uiiiiiiii, mas o que é aquilo de mais de 1,90m que se está a levantar a olhar para mim e a sorrir? Como depois diria a minha amiga... perfeito! Ou, como diria um amigo quando vê uma mulher bonita «foi mesmo isto que o meu médico me recitou.» E ao lado outro 1,90m... mas estariam em promoção? Afinal eu fui ao quarto de banho e morri entretanto e não dei por nada?
Parem tudo já! Anjo não tem sexo! Se eu morri que isto seja o inferno, pode ser?
Mais uma vez se comprova... a sorte enorme é minha, sim, bastou eu sair da mesa uns minutos para ela ter direito a dois! Sim... mas novinhos, novinhos... definitivamente não tenho vocação para a pedofilia.
Ora o fim de tarde foi num spa... sim um spa! Com o vento que estava na praia, o que realmente estivemos a fazer foi exfoliação natural! O tratamento implicava também um agradável sol no corpo... mas o exercício de enrolar para um lado e para o outro era sempre interrompido... ora leva novamente com o para-vento em cima! Agora é a amiga que se levanta pela milésima vez para sacudir a toalha, ela até gosta de praia, mas a areia... a areia é que está um bocadito deslocada... toca a levantar novamente para segurar o para-vento... muda de sítio, sim... os inúteis olham mas não resolvem vir ajudar a fixar a cortina!
Vamos novamente tentar relaxar ao sol... ai o cheiro da praia e aquele calor... é fechar os olhos e... e o raio do vento que parece um ciclone... calma... este som até pode ser agradável e... temos direito a relato completo, mesmo de olhos fechados ficamos a saber o que estão a fazer ali ao lado, o tal casal que de certeza era de namorados... ai que se estão a enrolar...; era o biquini cor-de-rosa da outra que era dois números abaixo... e a amiga continua! Se ela disser que uma mulher é aceitável vão por mim: desatem a correr a oferecer flores porque de certeza que temos uma top model!
Depois ela, que é uma querida, lá está a oferecer-me fruta e mais fruta... e vai dizendo: já me calei! Mas não dar uma insónia à moça na véspera de irmos à praia... A sorte é que para eu sonhar acordada não preciso de silêncio... basta-me não me ter envenenado em café horrível na noite anterior...
O último turno começa com a versão de me dizer as horas... mas eu não tenho pressa, limito-me a agradecer o serviço... ela resolve fazer-me companhia e achar que não me devo apressar... mas, pelo sim pelo não veste-se! e senta-se nas rochas, só falta meter a malita ao ombro.
Dá para entender que na praia o difícil é chegar... mas depois o relaxe do fim do dia é o melhor? Até porque vir embora custa tanto... fico tão cansada... Para a próxima levo a tenda e depois fico por ali.
dass

5 comentários:

O curioso disse...

Podias ter aproveitado a embalagem e contavas também o dia de Domingo... a malta agradecia.

sophia disse...

:) as tuas idas à praia são uma animação!! :P

ps. obrigada pelo mail ;)

Anónimo disse...

Gostei muito do teu post
"Sábado de manhã começa com boas notícias... a amiga A estatelou-se, de bate cú, numa pastelaria.."
ÉS AMIGA sim senhor...ero ver quem vai ser a tua fonte de inspiração na praia...Por causa deste post já tive um engraçadinho a perguntar se os chinelos andaram a beber JB cola na sexta à noite.

jg disse...

P*** d'amigas!

carlos T. disse...

Não entendo! As mulheres têm a faca e o queijo na mão, são elas quem define as fronteiras da aproximação e do eventual desenvolvimento do contacto e...mesmo assim estão sempre a lamentar a sua sorte! Nós homens estamos quase sempre disponíveis ao sinal!!!!!!

eXTReMe Tracker