domingo, novembro 05, 2006

Saddam condenado à morte.

Sou por princípio contra a pena de morte, sem excepções. E não abdico dos meus princípios quando se trata de um déspota do Iraque. Saddam Hussein foi condenado à morte por enforcamento. Não fiquei feliz. Defendo os direitos humanos de Saddam ainda que ele tenha atentado contra os direitos humanos de milhares de cidadãos.
dass

5 comentários:

Onde há Galo... disse...

Eu acho o castigo muito leve. Morreu, acabou... não é castigo suficiente daí também ser contra a pena de morte. Era condená-lo a prisão perpétua, encher-lhe as mãos de sabonetes e obrigá-lo a baixar-se sempre que deixasse cair um (lol).

jls disse...

Já somos dois...

gaivota disse...

Também acho. A célebre democracia propalada pelos americanos compagina-se com pena de morte, há muito proscrita dos países civilizados?

Anónimo disse...

Tens razão. Sobretudo que o processo é feito sob a autoria dos ocupantes que vieram para combater o terrorismo. Com a intervenção destes haveria menos terrorismo no mundo.
Os ocupantes vieram trazer a democracia ao Irak.
Tra la la, tra la la.
Ora o maior terrorista do mundo é o Bush e o colega Bin Laden é o seu adjunto.
Quanto à pena de morte proscrita nos países civilizados gostei muito. Eu também me parecia que os americanos não eram muito civilizados.

Peste disse...

Entre o ditador sadam e o Bush... não sei qual é pior... Um manda matar porque é mau e não quer opositores à ditadura e o outro faz o quê... a mesmíssima coisa... não creio que haja melhor nem pior nesta história... Mas daí a matar por enforcamento... é macabro!!! Além que para castigar é a valer não é matar assim pq depois para ele acabou e nós ficamos felizes? Isso faz de nós o q???

eXTReMe Tracker