segunda-feira, novembro 19, 2007

Serão simpático

Sexta-feira tive uma noite diferente.

Arrumem lá os foguetes, que também não foi assim tãaaaooooo diferente, a Figueira da Foz não tremeu, não foi feriado nacional, nada disso!

Fui ao aniversário de uma amiga, que fez divulgar que fazia a mesma idade que Jesus Cristo, mas esperava ter melhor sorte. Pelo sim, pelo não, eu não deixei que ninguém me beijasse nos dias seguintes (não fosse haver por ali algum Judas).
Antes de continuar eu tenho de esclarecer que, como a Sexta-feira é o dia das greves, naquele dia fiz greve à dieta. Sim, eu aposto que ela me convidou a contar com o facto de eu comer a folha de alface... pois bem, surpresa, parecia que eu não via comida há 3 meses! Quando quiserem comer bem eu dou-vos a morada! Resolvi deixar claro por aqui que não estava em dieta, não fossem pensar: se ela come assim quando está de dieta, imaginem se não estivesse!
Mas o pai dela correu sérios riscos quando me ofereceu o sofá! Eu pensei... ora, deixam aqui a comidinha na sala e eu fico já aqui a nanar (como até tenho insónias, vou ter de continuar a conversar com o arroz doce e com a mousse), mas rendi-me à depressão de uma cachorrinha enorme que pensa que é pequenina e resolvi não ocupar o sofá dela.
À saída a minha amiga resolve comentar o post das cuecas que a minha avó ofereceu à minha mana... que, quem leu o dito, saberá que as magníficas peças de gola alta com algibeira só não me calharam a mim porque a minha avó entendeu que não me iriam servir por eu ser muito mais forte do que a minha irmã. O que eu não esperava é que a minha amiga me dissesse «às vezes ter uns quilinhos a mais é uma sorte», shuuiiinnnfff, tenho de riscar a sinceridade das características que se procuram numa amiga, onde andam as mentirinhas piedosas?!
Mas, enfim... depois de comer que nem um abade, de ainda trazer tacinha com bolinho para a mamã e de ter vergonhosamente chegado a um aniversário sem presente (falha imperdoável), ainda fui à loja da amiga e espetei-lhe um calote de €17! A culpa é dela que vende coisas apetecíveis.
Fiquei a matutar nisto no fim-de-semana... ou seja se ela me diz que tenho quilinhos a mais e eu aproveito de imediato para fazer uma dívida... o segredo do sucesso nas cobranças de honorários aos meus clientes pode estar então ao alcance de uma simples frase: «o senhor está mais magro!» Temos é um problema eu só minto quando me pagam... o que significa que se não passarem o cheque de imediato pode dar-me a febre do soro da verdade e desatar a gritar «seu forte, gordo, autêntico obeso!»
Moral da história, neste escritório foi inaugurada uma nova era, os meus clientes sairão daqui convencidos de que estão magrissimos, pele e osso. E como eu estou certa de que a maioria deles vem aqui a fazer o choradinho de não pagamento pelo simples facto de à porta do escritório haver um lugar para ambulância (sim, a dedução é óbvia, parece que até os ouço pensar: «se há aqui lugar para uma emergência, deve ser por causa dos ataques cardíacos que as notas de honorários da fulana provocam, o melhor é prevenir e nem pedir a conta»), assim fica plenamente justificado o estacionamento reservado, achei que estavam tão magrinhos que até temi que não conseguissem andar pelo seu próprio pé e por isso acautelei-me, não fosse necessário chamar o INEM.
Mas puxando pela memória (isto já não é o que era... falta de exercício!) tenho de me recordar que até já disse a um caloteiro que estava mais magro (o que era verdade, nem tive de mentir) e mesmo assim ele não pagou a dívida... Mas não há regra sem excepção!
dass

4 comentários:

catarina disse...

eheheheh Peço desculpa pela frase infeliz. ;) Já agora... poderias ter revelado a ementa. eheheh Ahh.. e não te preocupes com aquilo a que chamas "calote". Preocupa-te antes com o facto de não teres levado presente (ehheheheheheehehh, brincadeirinha!). Obrigada por teres feito parte da festa! ;)

sophia disse...

se tu comeste muito, eu sou o verdadeiro bisonte (vá, não precisas de confirmar, ok? eheh)...

e a história das cuecas, a do buraco e afins,... bem, deixaram me a cara a doer de tanto riso :P

O Magricela disse...

Ahahahaha, se queres que te pague a monumental divida que tenho para contigo vais ter que te esforçar mais. Dizer que estou mais magro nao chega. Tens de me chamar Hercules, ou Adonis, ou no minimo Zeze Camarinha.....

Rato disse...

"onde andam as mentiras piedosas?!"
Escorpião foge-lhe a boca para a verdade, para sua satisfação pessoal, que é o que conta. Depois vem o arrependimento. -Caraças, não havia necessidade!
Mas a necessidade de picar o outro sobrepõe-se.
Agora, amiga Escorpião encalhada, é que eu não conhecia.

eXTReMe Tracker