domingo, setembro 09, 2007

Está nos livros que tem de se inventar uma desculpa!

Não está nos livros que tem de se inventar uma desculpa? Daquelas piedosas, esfarrapadas, gastas... mas uma desculpa, uma dor de cabeça, um adormeci...

Não é suposto olhar nos olhos, misturar o perfume e simplesmente soltar a bomba«Hoje estou mesmo sem vontade nenhuma, sabes o que é isso?»

Mesmo antes de morrer de morte matada e entregar a minhas últimas intenções ao Viagra... lembrei-me de regressar da fantasia e olhar à volta, pronto, pronto, ufa! Afinal estou num sítio público, a roupa ainda cá está, não houve proposta... e não lhe apetece ir trabalhar!

dass

6 comentários:

O belo adormecido disse...

Aiiii.... não se pode dizer-te nada!!!!!

gaivota disse...

Os dois primeiros parágrafos do post têm uma força de escrita tremenda! Não poderia ser o mote para voos literários mais amplos?

mx disse...

realmente, nao há condiçoes :) e nao ha sms ah borla para desencaminhar quem normalmente nao adormece... :) se calhar quem adormeceu queria acordar com um beijo de uma princesa... humm... :)

Rei da Lã disse...

Isso está nos livros?

l'italiano disse...

Citando os meus amigos nortenhos, "es GRANDE, carago!"

jg disse...

Tenho que te tocar para acreditar que existes.
És completamente varrida.
E eu a pensar que detinha a patente...

eXTReMe Tracker