quinta-feira, abril 10, 2008

Contributos para a diminuição da dívida pública

O contribuinte que usa offshores é mau.

O estado usa offshores é bom gestor...

Psssttttt: ei maganos, em vez de o estado destruir a droga apreendida não podia traficar a coisa quiçá para a Holanda? Isto é que era receita pública!

dass

8 comentários:

Rato disse...

"Quem parte e reparte, e não fica com a melhor parte, ou é tolo ou não tem arte!"
Quanto à droga, agora num registo sério, acho que o Estado a devia distribuir a custo-zero!
Devia mesmo ser obrigatório o seu consumo!
Com a propensão que temos para cumprir a lei... ;)

Capitão Merda disse...

Offshores?

É sinónimo de roubalheira legalizada, de acordo com o acordo ortográfico, não é?

Ferroada disse...

Dass mesmo a ver não Dass?!...
Estão doidos ou quê?!
O estado a concorrer com ele próprio no tráfico da "coisa"...
E os tubarões do "estado" não contam?!... Pr´á Holanda!!! relva e flores é coisa que exportam…
Porque é que a coisa ainda não foi legalizada, aqui?!... até já foi pedido por PAR… aas. Concorrência NÃO… Sabem quem grita?...
Dass mesmo a ver não Dass?!...
Um abraço
E um bom fim-de-semana
Carlos Rebola

Jorge Ortolá disse...

Se os gajos do Governo fossem uns chavalos espertos, faziam um protocolo com Espanha, punham a ASAE aqui no terreno e fechavam uns 90% dos restaurantes e cafés.

O Sócrates assim cumpria a promessa dos 150 000 postos de trabalho (com o tramanho deste país precisaria o governo português criar muitas mais brigadas) e ganhava uns trocos.

dass disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Belíssima, uma mulher fantástica no Bergantim. Por onde andas até às 5?

Anónimo disse...

Belissima?? Fantástica?? Bebe menos que logo te parece menos, Belchior, menos.

Anónimo disse...

Que exagero!!! :)

eXTReMe Tracker