sexta-feira, maio 16, 2008

Estou a digerir... enquanto ainda tenho dentes!

Ter 33 anos é...
  • Poder morrer com a idade de Jesus Cristo, mas sem certeza de cá voltar, que tesa como sou, só tenho dinheiro para o bilhete de ida;
  • Comprar, eu própria anéis, porque com esta idade já se sabe que nunca se deve confiar que o homem compre um anel que se queira;
  • trabalhar no dia de aniversário e ouvir toda a gente dizer que «é bom sinal»... o que é positivo, podia ser bom sinal só o facto de eu respirar sem máquina!
  • contar os cabelos brancos... perceber que não sou um ás da matemática... e passar a contar os castanhos, que custa bem menos.
  • receber um telefonema das amigas da «rambóia» a perguntar se queremos de presente uma panela de pressão... não se incomodem, o andarilho fica por minha conta. Graças a Deus não me ofereceram lingerie, ou ainda escolhiam marca «Lindor»;
  • Receber uma mensagem de aniversário vinda da instituição bancária, porque é quem mais nos suga o dinheiro e sendo a própria seguradora do empréstimo... eu acredito mesmo que foram sinceros quando me disseram «esperamos que conte muitos»;
  • Comer cereais ao jantar para compensar as calorias e a seguir comer chocolate negro, sem açucar, para compensar as carências;
  • receber telefonemas de candidatos a reciclagem que não se apercebem que não temos cara de ECOPONTO e termos a certeza que é o pecado de não levarmos o raio das embalagens de plástico ao Amarelo. Ou seja, já pagamos pelos pecados da lida da casa. Mas o lixo orgânico continua a ser no contentor, não é?
  • Não receber flores, mas receber um piri-piri curado de uma constipação, e ficar muito contente... salsa, coentros, também se aceita!
  • Porque temos 33 anos já não esperamos por telefonema do telefone fixo, nem de telemóvel... pronto, ficamos à espera de email (mas é diferente!);
  • O ponto mais alto do dia já não é a noite de loucura e festas, desculpem, festa. É o café matinal;
  • A marmelada no dia dos anos já não se faz... vem saborosa em taça de louça de sacavem;
  • Mas é também traçar metas, aceitar o direito à exigência em vez da desculpa pela existência;
  • Ler na Cosmo que fazer amor regularmente, além de ser o melhor exercício, rejuvenesce a pele, é anti-depressivo e faz-nos parecer mais jovens 7 anos... e pensar... hummmm... prepara-te, se eu deixei de fazer anos aos 23, isso significa que preciso de menos 10 anos, ou seja... regularmente não chega, meu querido!

E agora desculpem, mas estou ocupada... 10 anos leva tempo!

dass

15 comentários:

Rato disse...

Parabéns!

mx disse...

Parabenzinhos!!!

mx disse...

Parabenzinhos!!!

Paulo Dâmaso disse...

Feliz Aniversário!

Anónimo disse...

que contes muitos...a Lili Caneças também dizia isso.

belinha disse...

33 anos?Isso não vale!!!!!!
Parabéns!;-)

Anónimo disse...

Parabéns! Mas... aos 43 estará no Ponto...

Me and my big ass disse...

esta uma digestao dificil!!!!

Capitão Merda disse...

Evocaste o tal de Jesus Cristo...
É aquele que desafiava pessoas honestas e trabalhadoras, sobretudo pescadores, para o seguirem na vagabundagem e pedincha, não é?

Fresquinha disse...

O problema é mesmo ler a Cosmos ! Parabéns ! Cheguei na altura certa ?

ramasojo disse...

Esta-te a custar engolir...

ramasojo disse...

Toma alguma coisa, senão ainda te sentes mal...

jg disse...

Mas será que este blog morreu prá vida?!!!
Não valido, a ser verdade.
Vamos lá a debitar essa doce loucura que já começo a ter uma fraqueza mental pela ausência de novidades nesta casa.

Rato disse...

A digestão correu mal?

Anónimo disse...

Por que nao:)

eXTReMe Tracker